TODOS OS DIAS EXISTEM SEGREDOS ESCONDIDOS EM CADA INSTANTE DE NOSSA EXISTÊNCIA.

AQUI SERÁ POSSÍVEL ENCONTRAR ALGUNS DELES...

segunda-feira, 25 de maio de 2009

TEXTO DO DIA - TERAPIA DO ABRAÇO

Teoria

O toque físico não é apenas agradável. Ele é necessário. A pesquisa científica respalda a teoria de que a estimulação pelo toque é absolutamente necessária para o nosso bem-estar, tanto físico quanto emocional.

O toque terapêutico, reconhecido como uma ferramenta es­sencial para a cura constitui agora parte do treinamento dos profissionais de enfermagem, em vários grandes centros mé­dicos, O toque é usado para ajudar a aliviar a dor, a depres­são e a ansiedade; para estimular a vontade de viver dos pacientes: para ajudar bebês prematuros — que ficaram pri­vados do toque materno nas incubadelras — a crescer e a desabrochar.

Vários experimentos demonstraram que o toque pode:
· fazer-nos sentir melhor com nós mesmos e com o am­biente à nossa volta;
· ter um efeito positivo sobre o desenvolvimento da lingua­gem e sobre o QI das crianças;
· provocar mudanças fisiológicas mensuráveis naquele que toca e naquele que é tocado.

Estamos apenas começando a entender o poder do toque. Embora ele possa se dar de muitas maneiras, nossa tese é a de que o abraço é uma forma muito especial de toque, que contribui fundamentalmente para a cura e a saúde.

FUNDAMENTO LÓGICO

O ABRAÇO:
· Faz a gente se sentir bem.
· Acaba com a solidão.
· Faz a gente superar o medo.
· Abre passagem para os sentimentos.
· Constrói a auto-estima (Uau! Ela quer mesmo me abraçar!)
· Estimula o altruísmo (Não posso acreditar, mas realmente estou querendo dar um abraço naquele velho filho da mãe!)
· Retarda o envelhecimento.
· Pessoas que gostam de abraço permanecem mais jovens por mais tempo.
· Ajuda a controlar o apetite. Comemos menos quando estamos bem alimentados com abraços — e quando nossos braços estão ocupados, enlaçados em volta de outros.

O ABRAÇO TAMBÉM
· Alivia a tensão
· Combate a insônia
· Mantêm em forma os músculos dos braços e dos ombros
· Dá oportunidade para exercícios de alongamento, se você é baixo
· Propicia exercícios de flexão, se você é alto
· Oferece uma alternativa saudável à promiscuidade
· Oferece uma alternativa sadia e segura para o álcool e para as drogas
(é melhor abraços do que drogas!)
· Afirma a nossa natureza física
· E democrático: todo o mundo tem direito a um abraço.
· É ecologicamente benéfico, não tumultua o meio ambiente
· Do ponto de vista energético, é eficiente, economiza calor
· É portátil
· Não requer equipamento especial
· Não exige ambientação especial; qualquer lugar, de uma so­leira de porta
a uma sala de reuniões de executivos, de um salão de igreja a um
campo de futebol, é um ótimo lugar para um abraço!
· Torna os dias felizes mais felizes.
· Torna viáveis os dias impossíveis.
· Comunica sentimentos de posse.
· Preenche espaços vazios em nossas vidas.
· Continua trazendo benefícios, mesmo depois de desfeito.
· Além disso, o abraço evita a guerra.

Trecho retirado do livro: A Terapia do Abraço – Autora: Kathleen Keating

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer comentário, é bem-vindo! :)

Postar um comentário